O PESCADOR E O EXECUTIVO


Um executivo americano tirou férias e foi para uma pequena vila de pescadores no litoral do México por ordens médicas. Sem conseguir voltar a dormir por causa de uma ligação urgente do escritório, na primeira manhã ele saiu para dar uma volta no Píer, para esfriar a cabeça. Um pequeno barco com um único pescador atracava, e dentro do barco havia vários atuns robustos. O americano cumprimentou o mexicano pela qualidade dos peixes.

– Quanto tempo levou para pesca-los? Perguntou o americano.

– Apenas um pouquinho. O mexicano respondeu.

– Por que você não ficou mais tempo para pescar ainda mais peixes? O americano tornou a perguntar.

– Eu tenho o bastante para sustentar minha família e dar um pouco para os meus amigos.Disse o mexicano enquanto tirava os peixes do barco e os colocava em uma cesta.

– Mas, o que você faz com o resto do seu tempo?

O mexicano olhou para ele e sorriu.

– Eu acordo tarde, pesco um pouco, brinco com meus filhos, tiro uma sesta com minha esposa Julia, e dou uma volta pela vila a noitinha para beber vinho e tocar violão com meus amigos. Tenho uma vida completa e bastante cheia señor.

O americano deu uma gargalhada e se empertigou.

– Amigo, eu tenho um MBA em Harvard e posso ajuda-lo. Você deveria passar mais tempo pescando e com os lucros maiores, comprar um barco maior. Em pouco tempo você poderia comprar vários barcos, com o aumento em seus rendimentos finalmente poderá ter uma frota de barcos de pesca.

Ele prosseguiu:

– Em vez de vender sua pesca para um intermediário poderia vender diretamente para os consumidores, finalmente abrindo sua própria fabrica de enlatados. Você controlaria a produção, o processamento e a distribuição. Teria que sair deste pequeno vilarejo de pescadores, e claro, e mudar-se para a Cidade do México, depois para Los Angeles e finalmente para Nova York de onde poderia gerir seu império em expansão com a administração adequada.

O pescador mexicano perguntou:

– Mas, senõr, quanto tempo isso vai levar?

Rapidamente, o americano respondeu:

– Quinze a 20 anos, 25 no máximo.

– Mas e ai, senõr?

O americano riu e respondeu:

– Essa e a melhor parte. Quando for a hora certa, você poderá vender ações de sua empresa na bolsa e se tornar muito rico. Você poderia ganhar milhões.

– Milhões senor? Mas e ai?

– Ai você poderia se aposentar, mudar-se para um pequeno vilarejo na praia, onde você poderá acordar tarde, pescar um pouco, brincar com seus filhos, tirar uma sesta com sua esposa e passear na vila à noitinha para beber vinho e tocar violão com seus amigos.

Fonte: http://www.otimomesmo.com.br/fabulas-e-tesouros/

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square