Investir em inglês é essencial mesmo em tempos de crise econômica

Fernando Silva,

80% dos diretores de RH afirmam que a fluência em inglês é importante para os negócios, afirma pesquisa.

Em tempos de crise econômica e grande competitividade, falar inglês é fundamental para ter e manter um bom emprego. A língua já não é mais uma vantagem no mercado de trabalho e, sim, um pré-requisito básico para participar de processos seletivos para vagas executivas. Por isso, é essencial não interromper os estudos e buscar sempre maneiras de aprimorar o domínio do idioma. De acordo com dados de pesquisa da Robert Ralf, empresa mundial de recrutamento, 80% dos diretores de RH afirmam que a fluência em inglês é importante para os negócios. Em contrapartida, apenas 35% dos entrevistados possuem nível básico ou nenhum de proficiência em inglês, e querem melhorar. Para o Prof. Elvio Peralta, um ano de estudo em sala de aula e dedicação também fora dela, em termos gerais, é o ideal para que o aluno atinja um nível básico da língua. Assim, ele já consegue manter uma comunicação de sobrevivência em inglês. Na verdade, a prática e o tempo de exposição ao idioma são características que levam ao domínio do idioma.


Já quando o objetivo é atingir a fluência, é importante ressaltar que o tempo dedicado será maior e a persistência será aliada na jornada rumo ao domínio da língua. “Muitos alunos se enganam pensando que será rápido atingir um bom nível de inglês. É preciso mais tempo de investimento e dedicação em estudo e aprimoramento da língua. Além disso, mesmo depois de anos de estudo, a manutenção se faz necessária para evitar esquecimento e prejuízo à fluência”, comenta Elvio Peralta. O contato com o idioma pode ser feito através de filmes sem dublagem e com legenda em inglês, livros e músicas no idioma. Para quem quer focar os estudos no mundo corporativo, acompanhar noticiários em inglês, bem como publicações e revistas específicas da área de atuação é de extrema relevância para aprender vocabulário. “Com a internet não há desculpas, podemos encontrar muitos materiais interessantes, além de contar com a ajuda e indicação de um professor”, completa Peralta. Fonte: Administradores


Posts Em Destaque
Posts Recentes